Mostrando todos los resultados 13

ACÁCIA E OS FANTASMINHAS

ACÁCIA E OS FANTASMINHAS

Ana Catarina, Luana, Zé, David e Luísa são muito travessos, mas também muito unidos. São os Fantasminhas. Andam sempre acompanhados de Bobi, o cãozinho preto e branco, à procura de novas aventuras. Um dia, Acácia, uma menina doce, de olhos azuis e cabelos cor de avelã, diferente de todas as crianças, chega à turma. A sua coragem e determinação vão cativá-los e levá-los a verem o mundo com outros olhos, mostrando que tudo é possível no reino da amizade.

O MENINO QUE VOAVA COM OS PÉS NO CHÃO

O MENINO QUE VOAVA COM OS PÉS NO CHÃO, 2ª ED.

Luisinho está a aprender as primeiras letras. A construção de cada nova palavra e o seu significado tornam-se um mistério para ele. Aumenta-lhe a curiosidade e estimula-lhe a imaginação. Entre os passeios com o pai e as Historias da mãe, Luisinho interroga-se constantemente. Quanto mais se interroga, mais descobre. Isso ajuda-o a compreender o mundo em que vive e a transformá-lo à sua maneira, à maneira da sua imaginação. Luisinho tem um fascínio pelo objeto livro, em especial pelo dicionário, porque sabe que é aí que vai conseguir descobrir o significado de todas as palavras. Numa sociedade digital que está a evoluir a uma velocidade estonteante, onde tudo se escreve e tudo se apaga com um clique, o livro é um objeto que as crianças devem conhecer, brincar, aprender, admirar e preservar. Faz parte do futuro. Do futuro de todas as crianças e de todos nós.

A CASA DOS AFETOS

A CASA DOS AFETOS

Luzia era uma menina franzina que não tinha nem pai nem mãe. Um dia, encontrou uma casa misteriosa? tão grande e com tantas janelas diferentes. O que será que tem esta casa de especial? A vida de Luzia irá mudar para sempre!

ERA UMA VEZ

ERA UMA VEZ

Nuvem egoísta Nuvaidosa era uma nuvem que não chovia por ser egoísta e vaidosa, esquecendo os campos que iam secando, secando? Até que um dia, alguma coisa aconteceu ? e a aldeia adormeceu feliz. Ai que confusão! Malaquias era um gato que, como todos, só pensava em ratos. Até a palavra ?rato? o punha nervoso? Mas a sorte não estava com ele! O que se passava com aquele rato que lhe conseguia tirar o sono? Fassol Fassol era um clarinete muito feliz, mas o Rodrigo era um menino descuidado que um dia o abandonou de tal forma que os sons perderam o Fa e o Sol. O que terá acontecido ao Fassol? Será que recuperou os seus belos sons que encantavam as flores do Jardim? O Boby espertalhão O Boby era um cão especial e Maria era feliz com as suas brincadeiras. Mas o dia em que ela aprendeu a escrever CÃO, descobriu que o Boby tinha um segredo que o tornava ainda mais fascinante. Queres saber porquê?

O PRINCIPEZINHO - PACK MINILIVROS DIVERTE-TE A PINTAR E JOGAR

O PRINCIPEZINHO – PACK MINILIVROS DIVERTE-TE A PINTAR E JOGAR

Era uma vez um principezinho que vivia num planeta que era pouco maior do que ele… Adaptação para crianças do clássico de Antoine de Saint- Exupéry.
A viagem do Principezinho continua a emocionar milhares de leitores. Todos os que não se cansam de evocar as Historias desta personagem irão adorar estes fantásticos livros. Acompanha O Principezinho na sua viagem de planeta em planeta e vem fazer novos amigos.
Pack com 5 minilivros com atividades fantásticas para jogar e pintar com o principezinho e os seus amigos! Diverte-te a pintar e a jogar.
A partir dos 5 anos.

O PRINCIPEZINHO - LIVRO PARA PINTAR E JOGAR COM AUTOCOLANTES

O PRINCIPEZINHO – LIVRO PARA PINTAR E JOGAR COM AUTOCOLANTES

Era uma vez um principezinho que vivia num planeta que era pouco maior do que ele… Adaptação para crianças do clássico de Antoine de Saint-Exupéry.
A viagem do Principezinho continua a emocionar milhares de leitores. Todos os que não se cansam de evocar as Historias desta personagem irão adorar este fantástico livro.
Acompanha o principezinho numa viagem cheia de jogos e cor e ao seu lado faz novos amigos!
Pinta os desenhos do principezinho e dos seus amigos e diverte-te a jogar, adivinhar, procurar, relacionar e muito mais.
Com páginas a cores.
Muitos desenhos para pintar e completar.
Grande variedade de autocolantes.
Para crianças a partir dos 5 anos.

O PRINCIPEZINHO DESENHOS BRILHANTES

O PRINCIPEZINHO DESENHOS BRILHANTES

Era uma vez um principezinho que vivia num planeta que era pouco maior do que ele… Adaptação para crianças do clássico de Antoine de Saint-Exupéry.
A viagem do Principezinho continua a emocionar milhares de leitores. Todos os que não se cansam de evocar as Historias desta personagem irão adorar este fantástico livro. Acompanha o principezinho na sua viagem de planeta em planeta e vem fazer novos amigos.
Acompanha o principezinho na sua fascinante viagem de planeta em planeta. Descobre os elefantes, os pássaros selvagens e as flores falantes deste livro que te vai deslumbrar com os seus cintilantes desenhos. Com 16 páginas brilhantes. Não recomendado a menores de 5 anos.

OS TRILHOS FERROVIÁRIOS DO DOURO

OS TRILHOS FERROVIÁRIOS DO DOURO

Este livro apresenta um conjunto de Historias partilhadas pelo Sr. Morais, sobre a construção dos trilhos de ferro do Douro, ao seu neto, num belo dia de pesca. Antigo maquinista, filho de um fogueiro e obreiro que ajudara a construir a linha. Acompanhado pelo seu neto Tomás, que regressara de Lisboa para passar com ele as suas férias escolares, os dois vão viver e recordar momentos memoráveis?

O MENINO QUE COLECIONAVA ESTRELAS

O MENINO QUE COLECIONAVA ESTRELAS

E se as estrelas vivessem mesmo aqui ao pé? E se pudéssemos colecioná-las?
Esta é a Historia do João que sonhava colecionar estrelas. Certo dia, cruzou-se com meninos muito diferentes dele. Numa viagem de descoberta, aprendeu a calma das árvores, o valor do gesto, a grandeza do sonho e a leveza do ritmo. Percebeu então que as estrelas que procurava estavam mesmo ali ao lado. Só tinha de saber parar para encontrá-las.

ACÁCIA E OS FANTASMINHAS

ACÁCIA E OS FANTASMINHAS, 3ª EDIÇÃO

Ana Catarina, Luana, Zé, David e Luísa são muito travessos, mas também muito unidos. São os Fantasminhas. Andam sempre acompanhados de Bobi, o cãozinho preto e branco, à procura de novas aventuras. Um dia, Acácia, uma menina doce, de olhos azuis e cabelos cor de avelã, diferente de todas as crianças, chega à turma. A sua coragem e determinação vão cativá-los e levá-los a verem o mundo com outros olhos, mostrando que tudo é possível no reino da amizade.

O SAPINHO VERDE

O SAPINHO VERDE

Cabe-me a tarefa honrosa de apresentar este livro ao público e falar um pouco da sua autora. Há alguns tempos os nossos caminhos cruzaram-se através da música e com muito interesse me apercebi do desenvolvimento paralelo de uma carreira sólida na escrita infantil. A escrita da Margarida é rica e transmite o à vontade com que lida com a língua portuguesa e com as crianças. Surgindo esta nova estória após uma outra muito bem conseguida, os leitores fiéis galgarão as minhas palavras com rapidez na expectativa de começar a ler as peripécias do Quininho e do Tom. Depois das aventuras de Valdemar, o gafanhoto alentejano que procura o seu espaço entre os lugares que lhe dão o nome – o vale e o mar -, surge-nos agora uma fábula sobre o crescimento e a amizade. A personagem principal é um sapinho que desta feita não é um ser vivo, mas sim uma figura animada pela imaginação das crianças e que tem muita vontade própria. A estória que se desenrola inicialmente dentro da família de Quininho e das suas relações familiares ternas, evolui para uma descrição colorida do ambiente rural do sul de Portugal, dos seus sons, cheiros e paisagens. Eu espero que gostem deste livro tanto quanto eu, que tive o privilégio de o ler antes de ser publicado, e que contém todos os ingredientes para encantar qualquer leitor. João Martins Colónia, 20 de março de 2015

O PAI NATAL PARTIU UMA PERNA

O PAI NATAL PARTIU UMA PERNA

A Marta nasceu com Osteogénese Imperfeita (O.I.), Uma docença rara de origem genética, ou seja, já nasce com os bebés. A O.I. faz com que os ossos sejam muito frageis e por isso partem-se com muita facilidade. Quando um osso se parte, diz-se que fez uma fratura, por isso as perssoas com O.I. têm muitas fraturas ao longo da vida. No entanto, os tratamentos e cirugias que realizou, permitiram que Marta crescesse com uma infancia alegre e feliz. Atualmente com 14 anos, a Marta já conhece a sua doença e consegue adaptar-se bastante bem às dificuldades do dia-a-dia, o que nem sempre é fácil, mas nada a impede de gozar a vida como as outras crianças da sua idade.

20 DIZER

20 DIZER

Lengalengas inéditas, para o público mais infantil repetir a cada verso após verso, quadra após quadra, para decorar e ensinar aos amigos na escola e nas