HOMENS DO MAR

21,70

Os portugueses que se destacaram na Historia Marítima de Portugal
Portugal está ligado ao mar desde os seus primórdios. Criada com a nacionalidade, a marinha portuguesa tem uma Historia que se confunde com a da Nação. Ao longo dos seus quase 900 anos de Historia, muitos foram os homens que se evidenciaram como navegadores, descobridores, cartógrafos, cientistas, estrategas, construtores navais. José António Rodrigues Pereira, antigo director do Museu de Marinha, apresenta-nos mais de 50 homens que foram fundamentais para a Historia marítima portuguesa. De D. Fuas Roupinho, comandante das galés de D. Afonso Henriques e que foi o primeiro a obter uma vitória no mar contra os mouros, até Alpoim Galvão, oficial da Armada que se distinguiu na Guerra do Ultramar. E também figuras incontornáveis como Gil Eanes, Diogo Cão, Pedro Álvares Cabral, Fernão de Magalhães, Pedro Nunes ou os reis D. Luís I e D. Carlos. Mas este livro resgata ainda personalidades menos conhecidas como Pedro e Jorge Reinel, considerados os melhores cartógrafos do seu tempo, Gabriel Ançã, que se destacou no socorro a náufragos, ou Afonso Júlio de Cerqueira, oficial da Armada que se notabilizou nas campanhas militares no Sul de Angola, durante a Primeira Guerra Mundial. Todos estes homens marcaram de forma inequívoca a Historia Marítima portuguesa pela sua experiência, modo como souberam transmitir o seu saber e a sua visão inovadora, coragem e sagacidade.

Categorías: , Código SKU: 9789896268701 Etiqueta: Marca:

Información adicional

Editorial

Autor

Subtítulo

Os portugueses que se destacaram na Historia Marítima de Portugal

Edición

1

Encuadernación

Brochada

Formato

16 x 23,5

ISBN

9789896268701

Páginas

388

Colección

Idioma

Fecha Publicación

01/04/2019

Temática

Info Autor

José António Rodrigues Pereira nasceu em Lisboa em 7 de junho de 1948, entrou para a Escola Naval em 1 de setembro de 1966, sendo promovido a capitão-de-mar-e-guerra em 27 de julho de 1999. Foi professor da Escola Naval, de 1982 a 1990 e de 2006 a 2010. Esteve colocado no Departamento de Relações