HISTÓRIAS ROCAMBOLESCAS DA HISTÓRIA DE PORTUGAL

18,87


Milagres que nunca existiram, um filho que bate na mãe, um irmão que bate noutro irmão, execuções e assassinatos num país de brandos costumes, heróis que afinal não foram assim tão bonzinhos, reis loucos num país de loucuras, aliados piores que o pior dos inimigos, batalhas vitoriosas com uma mãozinha divina ou grandes desastres militares, traições e conspirações de vão de escada, um rei com gosto por freiras, outro impotente que não conseguia satisfazer a mulher, um governo que nem cinco minutos durou, um atentado onde tudo correu mal e o visado saiu ileso, um ditador temível que resistiu 40 anos no poder até cair de uma cadeira de lona… Podem parecer-lhe históricas anedóticas, falsas, absolutamente surreais. Muitas delas nunca nos foram contadas na escola. Mas fique a saber que são quadros bem reais e fazem parte dos nove séculos da Historia de Portugal. Sabia por exemplo que nunca houve uma escola náutica em Sagres, que frei Miguel Contreiras nunca existiu? Que D. Pedro, além de D. Inês, amou também o seu escudeiro? Que a morte dos Távora envolve sexo, mentiras e política? Sabia que Vasco da Gama, herói das Descobertas, era temido por ser um homem cruel? Que Palma Inácio foi o primeiro pirata do ar?

Categorías: , Código SKU: 9789896267681 Etiqueta: Marca:

Información adicional

Editorial

Autor

Edición

1

Encuadernación

Brochada

Formato

16 x 23,5

ISBN

9789896267681

Páginas

336

Colección

Idioma

Fecha Publicación

01/07/2016

Temática

Info Autor

João Ferreira é jornalista. Mestre em História Cultural e Política, é investigador do Centro de História da Cultura da Universidade Nova de Lisboa. Colabora com as revistas Cultura – História e Teoria das Ideias e História Viva (Brasil). É autor dos livros Histórias Rocambolescas da História de Portugal (8.ª edição) e O Jornalismo na Emigração – Ideologia e Política no Correio Braziliense e co-autor, com Ferreira Fernandes, de Frases que Fizeram a História de Portugal (4.ª edição). Foi editor executivo da revista NS’, editor do Correio da Manhã, diretor da revista Focus e do jornal Tal & Qual. Foi professor convidado da European University.